moveideias_blog_3_dicas_para_acertar_com_last_mile

28 dez 3 dicas para acertar com Last Mile

O processo de logística é mais complexo e abrangente do que alguns empreendedores imaginam: ele inclui a notificação de saída ao estoque, a separação da mercadoria e o próprio trajeto da encomenda até seu destino. É aí que entra o Last Mile.

O transporte de última milha é uma saída que une agilidade e qualidade de entrega. Quer aprender mais sobre o Last Mile e como otimizá-lo na sua empresa? Acompanhe nosso artigo de hoje!

O que é Last Mile?

O caminho de uma mercadoria desde que ela chega à empresa até sua venda é longo. A última milha é o momento em que esse produto, que passou por todas as fases até a venda, finalmente sai do centro de distribuição para seguir ao destino final. Essa é a etapa derradeira da viagem, logo antes de a compra chegar ao consumidor final.

O Last Mile merece atenção especial dos empreendedores, porque é nessa fase que se concentra boa parte do custo total da entrega: até 30% do valor gasto com logística de transporte pode estar na última milha.

Além disso, o funcionamento adequado da última milha é o que vai garantir a qualidade da transação e a satisfação do seu consumidor.

Como funciona?

A etapa final da entrega precisa ser desempenhada com cuidado, porque é decisiva para garantir o sucesso da venda e a conservação da mercadoria. Para assegurar o funcionamento do processo, algumas empresas desenvolvem fórmulas exclusivas de aplicação do Last Mile.

A Amazon, que é referência no segmento de última milha, enfrentou problemas no transporte quando migrou das lojas físicas para a loja online. Devido ao alto volume de compras, muitas vezes o transporte terceirizado da empresa não conseguia cumprir seus prazos estipulados.

Para contornar o problema, a própria Amazon criou seu serviço de logística particular, o que ajudou a solidificar a marca, que hoje é uma das maiores do e-commerce mundial.

Como acertar no Last Mile?

1. Administre os custos

A última milha precisa entregar conveniência e qualidade para o cliente. Isso pode se refletir em maiores custos para a empresa, e por isso o empreendedor deve se atentar para que o caixa não fique no vermelho.

Se os custos com transporte forem muito altos, a negociação pode deixar de ser favorável para a empresa. Então, equilibre seus custos e escolha alternativas de distribuição que custem menos, mas que não diminuam o padrão esperado pelo seu cliente.

2. Otimize a malha de distribuição

Quando se vende por meio do e-commerce, seu comprador pode estar longe do centro de distribuição. Para que a encomenda chegue ao cliente dentro do prazo estipulado e em perfeitas condições de uso, é preciso ficar de olho no Last Mile.

A dica para otimizar esse processo é criar uma malha de entregas, conceito com o qual os maiores comércios eletrônicos já trabalham. Criando diversos centros de distribuição, você garante que o produto estará mais perto do cliente, adiantando a entrega e diminuindo a chance de avarias.

Para não se perder na organização, sempre que um produto deixar um centro de distribuição a empresa deve ser notificada, preferencialmente por meio de um sistema eletrônico de gestão. Assim, você sabe exatamente quantos e quais são os itens que estão saindo dos estoques, podendo controlar melhor suas transações.

3. Melhore a relação com fornecedores

Para não atrasar as entregas e ter produtos de qualidade, você precisar ter um bom relacionamento com seus fornecedores. É preciso aplicar a ideia da cadeia de suprimentos: nenhuma empresa funciona sozinha; todo negócio faz parte de uma rede interdependente. Assim é a sua empresa em relação aos fornecedores.

Conhecendo os prazos de entrega e as condições de armazenamento de cada parceiro, você garante que as encomendas serão despachadas e entregues dentro do tempo estipulado e que estarão em boas condições ao deixar o centro de distribuição. Quando a mercadoria vai com defeitos ao cliente e precisa retornar para a loja, há gastos para a empresa.

Além disso, se seu transporte é terceirizado, é preciso contar com parceiros que cumpram os deadlines e prezem pela excelência. Escolha uma empresa de confiança para levar suas vendas aos consumidores.

Quer aprender mais sobre o Last Mile? Conheça as maiores tendências do mercado clicando aqui!