moveideias_blog_agilizando_suas_entregas_com_7_dicas_campeas_de_logistica_urbana

11 jan Agilizando suas entregas com 7 dicas campeãs em logística urbana

O processo de entregas na logística urbana do transporte de carga fracionada está mais complexo devido a alguns fatores como: fiscalização mais rigorosa, restrições de horários de circulação, porte de veículos autorizados a circular em centros urbanos, escassez de locais para estacionamento, restrições de placas e de horários para carga e descarga, averbação de seguro mais rígidas, entre outros.

Essas restrições, associadas a possíveis perdas com sinistros e avarias, além de custos com re-entregas e devoluções, torna necessário o uso da tecnologia, para gerir melhor e agilizar ações corretivas e tomadas de decisões, objetivando um melhor atendimento aos clientes.

Pensando em contribuir sobre o tema, formulamos algumas dicas de logística de transporte para minimizar transtornos em áreas urbanas.

1. Saiba como está a manutenção dos veículos da transportadora

Veículos mais antigos consomem mais gasolina, o que pode representar gastos desnecessários para a empresa. Além disso, necessitam de mais consertos e idas ao mecânico, podendo acontecer problemas técnicos no meio do trajeto, o que causará atrasos no prazo da encomenda.

2. Veja o seguro do seu veículo

Todo transporte de encomendas estará exposto a riscos, especialmente externos, como assaltos, acidentes, catástrofes, entre outros problemas que podem acontecer nas estradas brasileiras. Como é impossível prever eventos futuros, é sempre bom investir em um seguro automotivo para aliviar essas situações.

3. Tenha registro na ANTT

Toda transportadora, seja autônoma, seja associada a uma empresa, deve sempre ter um registro na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para poder operar legalmente.

Se for contratar uma empresa terceirizada, sempre se certifique de possuir esse registro, porque é por ele que podemos estabelecer um controle melhor dos envios e das entregas das encomendas.

4. Faça rastreamento dos transportes

Outra forma de estabelecer um controle no sistema de logística é o rastreamento via GPS do veículo. Alguns deles utilizam até sinais via satélite para poder mitigar as entregas que serão realizadas, tendo assim um controle maior sobre o automóvel e a carga. Saiba mais aqui.

5. Identifique visualmente o veículo para dar mais confiança ao cliente

Se todos os envolvidos no transporte da mercadoria utilizarem algum tipo de identificação visual, desde o visual dos veículos até o uniforme dos funcionários, haverá maior segurança para o cliente quanto à entrega do produto, além de dar um ar mais profissional à empresa.

6. Ofereça suporte de tecnologia

Atualmente, vivemos em um mundo totalmente conectado à web, certo? Então, por que o setor de logística e de entregas ainda se encontra tão dissociado desta realidade? Ofereça a seus clientes opções de softwares de controle logístico, a fim de facilitar o acesso às informações pertinentes ao pedido, bem como garantir mais transparência ao processo, fidelizando o cliente.

7. Sempre emita nota fiscal de serviço

Como se trata de um serviço, deve sempre emitir uma nota fiscal para comprovar o seu trabalho. Para a logística urbana, existem dois documentos: o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico) e NF-e (Nota Fiscal Eletrônica de serviços).

Entretanto, dependendo da encomenda que tiver em mãos, poderão ser necessários outros documentos. O ideal é que tenha um contrato de acordo de prestação de serviços para ambas as partes, o que pode evitar perdas de tempo.

Se gostou das informações apresentadas aqui, veja também 5 dicas para reduzir o custo do frete!