22 maio Gerenciamento de transporte: você sabe o que é TMS?

A tecnologia tem se tornado uma grande aliada da logística e, nos últimos anos, muitas soluções foram desenvolvidas — em diversas áreas — visando aprimorar processos e resultados. Uma dessas ferramentas é o sistema TMS, desenvolvido para automatizar rotinas da área de transportes.

No artigo de hoje vamos falar mais sobre esse tipo de software e como ele contribui para o gerenciamento de transporte dentro de uma empresa. Continue acompanhando e saiba mais!

O que é o sistema TMS, afinal?

O TMS (sigla em inglês para Transportation Management System, ou sistema de gerenciamento de transporte) é um software criado para a gestão das atividades de transporte de uma empresa. Por meio dele é possível automatizar processos de distribuição de cargas, controlar o fluxo de informação, monitorar e rastrear o transporte, gerar relatórios e, ainda, agilizar a realização das atividades.

Quais funcionalidades ele oferece?

Como o TMS é direcionado à gestão de transporte em uma empresa, ele auxilia no controle das atividades que são geridas por essa área. Entre elas, pode-se citar:

  • Cadastro dos veículos da frota.
  • Gestão de documentos de transporte.
  • Planejamento de manutenção dos veículos.
  • Gestão de peças e acessórios para manutenção.
  • Rastreamento dos veículos durante o transporte.
  • Controle dos custos.

Apesar de ser voltado para o registro de dados, o TMS é um software inteligente, que auxilia diretamente no processo de tomada de decisão, permitindo criar relatórios, apresentar comparativos de frete, fazer a gestão de ocorrências no transporte, entre outras questões.

Quais vantagens a empresa pode obter com esse sistema?

A primeira, e talvez a maior delas, é a redução de custos, tanto nos processos quanto no transporte. Nesse caso, ela vem através da otimização das rotas de entrega, da melhoria no nível de serviço, de maior controle sobre as viagens realizadas, melhor consolidação de cargas e carregamento dos veículos, análises da composição dos valores de frete, entre outras.

Além disso, ele permite que os processos sejam automatizados, garantindo maior segurança das informações, maior confiabilidade nos processos, comunicação fluida e em tempo real, intercâmbio de informações, maior agilidade na execução das tarefas e aumento da produtividade.

Com os processos automatizados, o gerenciamento de transporte passa a ser modernizado, além da possibilidade de oferecer maior transparência nas operações, permitindo que seus clientes saibam em tempo real qual é o status de suas cargas, o que pode se caracterizar como um grande diferencial na hora de conquistar novos clientes e se posicionar no mercado.

Como podemos ver, o sistema TMS pode transformar a gestão de transporte na empresa, trazendo diversos benefícios, aumentando o controle sobre as atividades realizadas e garantindo maior disponibilidade e veracidade das informações geradas e repassadas. Tudo isso contribui para que a gestão logística da empresa se torne ainda mais eficiente e alcance melhores resultados.

Agora, leitor, aproveite os comentários e nos conte: foram esclarecidas as suas dúvidas a respeito do sistema TMS e de como ele influencia no gerenciamento de transporte? Qual é a relevância que esse sistema teria para o seu modelo de negócios? Não deixe de comentar e participar da conversa!

Entre em contato