moveideias-o-futuro-dos-negocios-transformado-pelo-ibm-watson

28 nov O futuro dos Negócios transformado pelo IBM Watson

Nos últimos anos, os avanços na área da inteligência artificial levaram essa tecnologia para o ambiente corporativo. Ela está sendo implementada em vários ambientes, como no setor de suporte, pós-vendas e nos processos de marketing.

Assim, companhias são capazes de atender aos seus clientes com serviços mais personalizados e de maior qualidade. Entre as plataformas para uso de tecnologia artificial disponíveis no mercado, o IBM Watson se destaca por ter um alto poder de processamento e ser capaz de aprender até idiomas completos sozinho.

Saiba tudo sobre ele no post de hoje!

O que é o IBM Watson

O IBM Watson é um supercomputador criado pela IBM voltado para a execução de algoritmos de inteligência artificial cognitiva.

Desenvolvido pelo projeto IBM DeepWA, liderado pelo pesquisador David Ferrucci, a máquina foi batizada com o nome do primeiro CEO e fundador da empresa, Thomas J. Watson. O seu principal objetivo é aprender linguagens e processar informações, tornando-se uma máquina com um sistema de inteligência artificial de alta capacidade.

Como o IBM Watson funciona

Para tornar o Watson eficaz, a IBM o programou para acessar, escanear e processar informações de mais de 200 milhões de páginas com informações estruturadas e não estruturadas.

Todos esses registros, que incluem páginas da Wikipedia, imagens e dados de voz, foram catalogados em um ambiente seguro. Assim, o sistema tornou-se capaz de responder a uma série de perguntas automaticamente, chegando a vencer humanos no jogo de curiosidades Jeopardy.

A importância das plataformas de inteligência artificial para o futuro das empresas

Com o IBM Watson, empresas podem entender, aprender e interagir com uma grande conjunto de informações sobre os seus processos de maneira mais eficaz e rápida.

Dados estruturados e não estruturados são unificados para que analistas de marketing consigam obter insights precisos sobre os movimentos do mercado, antecipando tendências e aumentando o impacto das políticas de vendas do negócio.

Companhias que possuem sistemas de recomendações conseguem ampliar os seus lucros ao analisar informações sobre os seus consumidores dinamicamente.

Assim, por meio de padrões de uso, a empresa proverá informações relevantes para cada cliente a partir da sua personalidade e perfil de compras, algo fundamental para aumentar o retorno das leads e campanhas de marketing.

Graças ao aprendizado de máquina, sistemas passam por processos de otimização constante. Se a empresa possuir um chatbot, por exemplo, as suas respostas ganham naturalidade com a análise de erros e falhas nos processos de atendimento.

Como consequência, as chances de um consumidor ficar insatisfeito ao utilizar uma ferramenta de atendimento automático diminuirão progressivamente.

O poder do IBM Watson estão limitados à criatividade da empresa. Com o auxílio de APIs bem documentadas, o empreendimento pode integrar a plataforma de inteligência artificial da IBM diretamente nos seus sistemas e produtos, sejam eles web apps ou softwares nativos.

Combinando múltiplos serviços, sistemas de logística podem analisar vários registros, como informações de tráfego e consumo de combustível para tornar os prazos precisos. Ao mesmo tempo, o atendimento a consumidores é feito em mais ambientes, com alto nível de automação e eficiência.

Assim, o empreendimento mantém-se competitivo mesmo em momentos de crise, atingindo novos mercados através de uma plataforma de serviços de alta qualidade.