moveideias-otimizando-a-logistica-em-datas-sazonais

23 dez Otimizando a logística em datas sazonais

Prateleiras cheias, vitrines decoradas, mensagens de paz e, claro, muitos anúncios de ofertas. Isso porque estamos na época de trocar presentes, e o espírito natalino chega antes ao varejo.

Para os empreendedores, as datas sazonais são propícias para aumentar as vendas. Para o transporte das empresas, é hora de lidar com muito mais mercadorias.

Sua empresa está preparada para isso? Confira aqui o que você precisa saber para otimizar suas operações logísticas e manter os clientes satisfeitos:

A importância das datas sazonais

Datas comemorativas são uma excelente pedida para aumentar os lucros. No Dia das Mães, na Páscoa, na Black Friday e, principalmente, no Natal, o varejo vê seus ganhos crescendo de forma significativa,

Para dar conta de toda a demanda gerada nos períodos festivos, a logística das empresas precisa se alinhar ao volume de compras. Afinal, os compradores entram em peso nas lojas atrás de presentes para seus familiares e amigos.

Sua empresa precisa manter o estoque abastecido, se não quiser ver os clientes saindo de mãos abanando. A distribuição também precisam estar dentro do prazo e da qualidade acordados com o consumidor, ou você pode atrasar a entrega de presentes dos clientes e fazer com que eles percam a confiança na marca.

Dicas para otimizar as operações logísticas

Você quer aproveitar as boas perspectivas de venda que vêm com o Natal, certo? Então, é hora de começar a planejar suas operações logísticas para dar conta de realizar suas entregas dentro do prazo.

1. Preveja as demandas do período

Planejar: esta é a palavra-chave para qualquer empreendedor que quer alavancar seus negócios. Para conseguir atender ao volume de compras nas datas sazonais, esse é o primeiro passo. Analise o desempenho atual da empresa e antecipe os aumentos que virão com as datas comemorativas.

Com isso, você consegue identificar a quantidade de produtos que precisará ser ajustada — afinal, você não quer cometer atrasos nem ficar sem estoque, não é mesmo? A dica aqui é examinar os números dos anos anteriores para prever o crescimento das vendas no próximo dezembro.

Dependendo do segmento, pode haver um montante de compras até dez vezes maior nesse período.

2. Trace um plano de ação

Nós falamos que planejar é a principal função do gestor, certo? Pois não basta somente planejar o abastecimento dos estoques e prever os aumentos de venda: é preciso montar um plano estratégico para dar conta de toda a demanda. Criando um plano de ação para a logística da empresa, você evita os problemas que são comuns nesta época do ano.

Também é importante ficar atento ao produto quando ele deixa a loja, melhorando seu sistema de picking e packing. Lembre-se de que as mercadorias vendidas nesta época do ano podem servir de presente, então a qualidade tem de ser aquela que o comprador espera.

Caso seu produto esteja abaixo da expectativa do cliente, não só o laço com ele ficará prejudicado, mas também com a pessoa que foi presenteada.

Capriche na embalagem e lembre-se de que o grande movimento do comércio e as viagens de fim de ano podem gerar atrasos nos seus despachos. Estude, monte sua estratégia e coloque-a em prática!

3. Fique atento às características do período

O fim de ano é o momento mais aguardado pelo varejo, porque é quando há uma expansão considerável das vendas. A logística também deve ficar de olho nas características que são típicas deste período. Além do plano de ação e da previsão das demandas, é importante repensar a segurança.

No Natal, é prática comum das empresas contratar mão de obra extra, seja de vendedores, organizadores e até motoristas. Na hora da escolha de pessoal, fique atento às qualificações e garanta que os funcionários temporários tenham experiência e sejam aptos ao serviço. Tome cuidado também com os oportunistas: é comum que haja extravios de carga nesta época do ano. Uma forma de contornar o problema é contar com um bom sistema de rastreio.