Como-evitar-reclamações-de-clientes-pela-falta-de-informação-do-pedido-BLOGO

28 jun Como evitar reclamações de clientes pela falta de informação do pedido?

Saber ouvir as reclamações é algo essencial para o sucesso de um empreendimento. Fazer isso é ganhar uma vantagem competitiva pelo aprimoramento e destaque pela qualidade do serviço prestado. Mas como diminuir essa insatisfação?

No post de hoje, você vai conhecer algumas dicas para evitar as reclamações de clientes, principalmente no que diz respeito à falta de informação do pedido. Acompanhe!

Por que evitar as reclamações de clientes?

Ao gerir uma organização, é preciso prestar atenção aos protagonistas da história, isto é, os clientes. A partir do momento em que o atendimento e o relacionamento são construídos com eles, está aberta a possibilidade de a empresa construir credibilidade junto ao público e conquistar sua confiança.

Entretanto, caso não se dê constante valor às reclamações de clientes, a organização tende a perder pontos importantes e pode ter seus resultados prejudicados.

Imagine o exemplo de uma empresa que lida com os aspectos logísticos, que cuida da cadeia de abastecimento de todos os setores, desde o fornecedor, fabricação e entrega. Se esse negócio não observar o feedback negativo de seus clientes e não prestar bons serviços, comprometerá a si próprio e a seus clientes — que não terão estoque para suprir demandas de seus respectivos públicos.

Mas afinal, como fazer isso?

1. Adote uma gestão proativa

Em primeiro lugar, a fim de evitar quaisquer problemas advindos dos clientes, é preciso adotar uma gestão proativa de problemas. O que isso quer dizer? Se você fizer uma análise e estimativa dos possíveis problemas e identificá-los rapidamente, a situação pode ser erradicada e não voltará a acontecer.

Entretanto, o que se vê é uma forte pressão das empresas em tentar corrigir um problema sem ao menos analisá-lo para descobrir a causa desse fato.

O que ajuda muito nessa hora é uma equipe preparada para agir de forma eficiente, dedicando-se a determinado problema, como ocorre frequentemente em relação à falta de informação do pedido. Desse modo, é muito mais provável que se descubra a causa da questão, possibilitando solucioná-la imediatamente.

A tecnologia, nesse caso, pode ser muito útil, uma vez que pode identificar rapidamente qual foi o momento exato em que algo deu errado. Aliás, o simples fato de adotar a tecnologia ajuda a diminuir as chances de ocorrerem erros humanos e/ou operacionais.

2. Otimize rotas

Hoje em dia, o cliente procura saber o andamento do seu pedido, sobretudo em relação aos prazos de entrega. Otimizar rotas ajuda a evitar imprevistos.

Com um software de gestão de rotas, por exemplo, você consegue:

  • determinar os percursos que mais valem a pena;
  • escolher o melhor trajeto;
  • determinar a origem da rota;
  • estimar o tempo de entrega.

Tudo isso em tempo real, para que o entregador saiba a rota correta, a fim de que o produto chegue rapidamente ao destinatário, e o cliente saiba, com clareza, onde seu produto está.

rastreio dos caminhões ou motoboys também é uma forma de otimizar a rota, a fim de descobrir se tudo está saindo como planejado. Porém, saiba que a comunicação deve ser clara e muito bem definida, para que o planejamento dê certo e atinja o seu objetivo.

3. Faça um planejamento logístico

A organização não conseguirá ir a lugar algum se não houver um planejamento logístico eficiente.

Logo, é necessário verificar quais serão as estratégias a curto e longo prazo, observando se os objetivos serão conquistados e como. Algumas dicas para compor um planejamento logístico eficiente são:

Dessa forma, evita-se que haja qualquer imprevisto ou prejuízo na sua empresa. Consequentemente, as reclamações de clientes serão minimizadas, já que os serviços estarão cumprindo com seu papel.

E você? Presta total atenção às reclamações de clientes e tenta solucionar os pontos fracos de seu negócio? Entre em contato conosco, pois temos a solução para o seu problema de logística!